Cenário

>

Barras Assimétricas

As barras assimétricas participam da competição feminina. Composta por duas barras paralelas de 2,4m posicionadas em diferentes alturas, a barra alta fica a 2,5m do chão e a barra baixa, a 1,7m de altura (essas distâncias podem sofrer uma variação de 10cm para mais ou para menos, dependendo da altura da ginasta). A distância entre as duas barras pode variar de 1,3 a 1,8m.
A apresentação da ginasta inicia com a entrada no aparelho, que pode ser realizada com a utilização do trampolim ou através da impulsão da ginasta a uma das barras. As séries se caracterizam por movimentos rápidos e contínuos com o apoio de mãos e suspensões, utilizando elementos como giros, balanços em suspensão e voos: além das largadas e retomadas realizadas na mesma barra, é obrigatório que a ginasta realize pelo menos uma troca de barra durante a série e faça movimentos contendo diferentes empunhaduras. São também importantes as mudanças de direção e os saltos.
Apenas os oito elementos de maior dificuldade, incluindo a saída, recebem nota e as conexões diretas realizadas entre elementos são bonificadas pelo júri. A saída do aparelho é feita com um salto.
RICARDO BUFOLIN - CBG FLICKR
Cenários Relacionados