Saltos Ornamentais

Nos Jogos Olímpicos, os saltos ornamentais são disputados nas categorias individual e em duplas (ou sincronizado), na plataforma de 10m e no trampolim de 3m. Os atletas devem realizar saltos de diferentes grupos (frente, costas, pontapé, revirado, parafuso e equilíbrio), com mortais e piruetas, em uma piscina.
Nas diferentes etapas da competição, os saltadores realizam 6 saltos no masculino e 5 saltos no feminino. Classificam-se para a final os 12 atletas ou duplas com maior pontuação. Árbitros avaliam os atletas levando em consideração a dificuldade e a execução dos saltos. Além do salto em si, a saída da plataforma e a entrada na água são alguns dos componentes importantes que fazem parte da avaliação.  
Os saltos ornamentais são uma modalidade olímpica desde Saint Louis 1904, quando eram disputados apenas por homens. Os saltos sincronizados foram incluídos na competição em Sydney 2000.

Equipe Piscina Plataforma Trampolim Salto Salto Mortal Pirueta Posição Grupos de Saltos Pontuação Falhas Árbitros Execução Dificuldade Posição Inicial e Aproximação Saída Voo Entrada Sincronismo

Você Sabia?

Em inglês, o esporte saltos ornamentais é chamado de diving, que significa “mergulho”.

Os saltos em equilíbrio são chamados em inglês de armstand, pois o saltador deve iniciar o salto partindo de uma parada de mãos.

Grande parte do léxico utilizado nos saltos ornamentais para os saltos e a descrição dos movimentos realizados pelos saltadores é compartilhado com a ginástica artística.
Responsável(is): Ana Flávia Souto de Oliveira